26 julho 2013

Nomes Mágicos



Nomes na Magia - A RESPOSTA

Ao informar ao meu querido Frater Antar sobre o post “Nomes Mágicos”, disse que seria interessante ter o comentário dele logo abaixo do post, pois esteve presente no dia da "confirmação", por assim dizer (clique aqui para saber), porém ele fez mais do que isso, escrevendo o relato abaixo.

No artigo dele uma grata surpresa, tomei conhecimento somente agora, de mais um detalhe sobre o nome Muriel, que ele nunca havia revelado nem a mim, nem a ninguém.

Quantos aos gatos eu já sabia, mas estes, somente foram vistos por quem tinha olhos de ver, não é mesmo Antar!

Agradecida frater, por sua consideração e respeito. Saiba que é recíproco!

Passando aos fatos daqueles dias, fala Lord Antar:


“Éramos todos peregrinos do deserto. Cada um com seu brilho mais do que próprio, e todos seguindo o curso de seus corações. Tudo e nada sabíamos. Éramos estrelas procurando o rastro de nossas essências flamejantes.


Então, cada um de nós oriundo de suas respectivas cidades, rumamos para o marco zero, o portal que era mais do que necessário encontrar. O destino de um magista muitas vezes se revela através de sincronismo, sinais e inúmeras sutilezas que não são percebidas pelos leigos fora da Grande Arte. Assim é a Vida, assim é o Caminho.


No Oásis nos encontramos, fomos acolhidos pelo grande Califa, recebemos a Lei, o alimento e as ordálias. Então naquela noite única, a realidade universal falou a cada um de nós; para uns através de incertezas, para outros através de miscelânea, para outros através de majestade, e para os últimos através de um sentimento de união mística. Este, caros leitores, foi o caso deste humilde Frater que escreve este artigo.


Reunião mística, encontro filosófico e superior de almas que trilham o mesmo Caminho, os mesmos ensinamentos e seguem, paralelamente, mas de mãos dadas a trilha iluminada pela ponte do arco-íris rumo à Grande Obra, a realização da maravilha das maravilhas.


Assim foi que conheci Milady Muriel.


A noite se mostrou única, palavras nunca antes ouvidas, irmãos e irmãs vindos de terras distantes e uma infinidade de gatos, testemunhas ronronantes dos planos superiores, seres que veem o que nós apenas conhecemos através do domínio adequado de certos poderes, e eles estavam lá, prontos e resolutos a nos servir de guias, aprendizes, companheiros e mestres, frente ao inominado e grandioso passo que dávamos junto ao Domínio Cósmico da Realidade Final.


Então, no momento de ir embora, após ter me despedido de todos eis que percebo flamejar uma letra “M” no alto da cabeça daquela pessoa que depois viria a ser chamada de Sóror Muriel.

Estaria tendo eu uma alucinação ou era fruto de minhas práticas oraculares junto as Runas?

Até hoje eu não sei, mas meu palpite, é que na verdade se tratava das duas hipóteses, pois ao mesmo tempo em que a letra M é a letra do início do nome Muriel, este mesmo formato remete a uma runa que significa “confirmação dos deuses”, e esta é a verdadeira essência de Milady Muriel, uma Sacerdotisa da Luz, da Paz e dos Níveis Superiores. 


Essa Sóror, que muito me orgulho de tê-la como amiga e irmã dentro da caminhada rumo ao infinito, possui uma habilidade intrínseca de revelar o âmago do coração de todos, uma qualidade mais do que necessária nos dias de hoje.


Despeço-me com um antigo provérbio latino: “Aquila non caput muscas’’, que significa em nossa língua, “A águia não perde tempo caçando moscas”.


Amor é a lei, amor sob vontade.


Que a Pax e Lux possam estar no coração de todos que lerem este artigo”.

.:Frater Antar:.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...